O Record corrigiu um erro mas omitiu a glória azul…

O Record voltou a corrigir os erros que, involuntariamente, qualquer jornal comete, mas que poucos assumem. Defendi isso durante anos porque entendo que o leitor valoriza essa humildade e essa perseguição do rigor.

BkNi-xQCEAATQBD

Ainda hoje, o Record corrige um lapso da edição de ontem, quando se escreveu – a memória vai-se perdendo com a reforma dos jornalistas mais velhos… – que Fernando Santos era o primeiro selecionador português a ter treinado os três grandes, o que, na verdade, já acontecera com Fernando Riera e Otto Glória.

O que o Record não corrigiu foi que tanto Riera como “seu” Otto treinaram não os três mas os quatro grandes, já que passaram também pelo Belenenses nos tempos em que, como os mosqueteiros, os três grandes ainda eram quatro.

Aqui deixo o meu protesto!

Partilhar

Os comentários estão fechados.