O ignorante atrevido que quer ir para a TVI

Passaram já uns dias sobre um caso curioso que quero ainda partilhar com o leitor. Numa tarde deste abril, aproveitei a ausência de Fátima Lopes para acompanhar “A tarde é sua”, na TVI, e apreciar o desempenho da competente Iva Domingues, que só não alcança o patamar da titular do programa pela sua incapacidade para tratar os convidados de forma maternalista, como se eles fossem atrasados mentais.

E foi precisamente um desses momentos de diálogo surreal que me tocou em sorte, com a presença em estúdio de um pobre “famoso” que faz dos rêalitichôs o modo de vida. Estava Iva a terminar a penosa converseta de encher pneus, quando o rapaz dá conta do desagrado por a TVI não o pôr a apresentar, para mais sabendo, acrescentava ele, das suas qualidades para a “palhaçada”.

Creio ter visto Iva Domingues respirar fundo antes de lhe perguntar se a tanta ambição correspondia algum estudo, algum trabalho que o pudesse vir a qualificar para a almejada função. Faça isso, aconselhou. Que não, que não lhe apetecia andar a aprender para depois a TVI não o chamar, replicou, entediado, o atrevido.

Mudei imediatamente de canal. A ignorância doi, mas se dá o braço à parasitagem abala a compostura de qualquer ser humano.

Antena paranoica, Correio da Manhã, 30ABR16

Partilhar

Os comentários estão fechados.