O fecho da CRIL ou a incapacidade de planear

O ministro de Cavaco, Ferreira do Amaral, deveria ter terminado a CRIL em 1995. Não terminou e a “novela” arrastou-se durante 10 anos (!), com os tribunais à mistura. Até que chegou Sócrates e prometeu acabar a obra no final da sua primeira legislatura, ou seja até Outubro de 2009.

Não acabou e foi o bom e saudoso ministro Mário Lino quem se deslocou, em Setembro último, ao local do sinistro, o nó de Benfica, para nova promessa: “até ao início de 2010,” a coisa estaria finalizada.

Não esteve, ainda que alguém tenha dado “o final do primeiro trimestre” como nova data para a abertura há 15 anos (!) adiada. Outra mentira, já que o comunicado da Câmara Municipal de Lisboa (que tem a ver com o trânsito, não com a obra), que reproduzo, “garante” que teremos nova bagunça na ligação do IC 19 à Segunda Circular, onde “tudo” conflui, de amanhã até, pelo menos, até ao início de… Maio.

Aí veremos se terminou mesmo o celerado fecho da CRIL ou se nova treta nos é contada para justificar mais um adiamento.

 

A Divisão de Comunicação e Imagem da Câmara Municipal de Lisboa solicita a divulgação da seguinte

Alteração de trânsito

A partir de amanhã, dia 17 de Março, com duração de um mês e meio, o trânsito irá ser condicionado na zona do Nó de Benfica – fase 3, no âmbito das obras de construção da CRIL.

Lisboa, 16 de Março de 2010

Divisão de Comunicação e Imagem  
Câmara Municipal de Lisboa
Departamento de Apoio aos Orgãos do Município
Rua Nova do Almada, nº 53, 4.º – 1200-288 Lisboa
Telefone 21 326 41 00

Partilhar

Os comentários estão fechados.