Modelo atual de gestão dos ginásios está esgotado

Lisboa, 6 Junho – “O modelo de gestão dos ginásios portugueses está esgotado e é preciso inovar para fazer face à quebra de receitas, diminuição de clientes e ameaças oriundas da crise, como o IVA”, afirmou hoje o presidente da Associação Nacional de Academias e Ginásios (AGAP), José Luis Costa. 

A afirmação surge depois de realizadas as conclusões dos seminários Mnagement Innovation, que decorreram em Maio nas cidades do Porto, Lisboa e Albufeira, e que agrupam mais de 200 sócios e empresários.

A iniciativa proporcionou uma perspectiva inovadora que permitirá melhorar o funcionamento e a rentabilidade das empresas do sector.

Os ginásios, apesar da crise económica e financeira q atravessam, devem aproveitar para redefinir o seu posicionamento de mercado e o modelo de gestão de forma a estarem mais profissionalizados 

Nova visão estratégica, diferenciação face á concorrência, melhor gestão e eficiência nos custos e aposta na inovação e tecnologia foram os caminhos traçados.

Para José Luis Costa, “temos realmente que mudar porque os números não mentem: ginásios a fecharem semanalmente, quebras de 25 por cento de clientes, pessoal no desemprego e outros dados negativos. Há que mudar para reposicionar e potenciar o sector, a bem da actividade física e bem-estar da população”.

Os encontros contaram com a presença de Pablo Viñaspre, um dos mais importantes formadores europeus na nossa área de negócio, licenciado em Ciências da Actividade Física, com pós-graduação em Planificação e Gestão de Instalações Desportivas, Gestão de Qualidade e também Mestre em Fisiologia do Exercício e em Alto Rendimento Desportivo.

A AGAP é a única associação portuguesa que representa ginásios e health clubes (fitness). Tem 775 ginásios associados, 17 Patrocinadores e está filiada nas duas maiores organizações internacionais.

O mercado português tem 1.200 empresas, 600 mil clientes e mais de 15 mil colaboradores.

Informações adicionais: Nuno Paisana – 91 572 77 74

Partilhar

Os comentários estão fechados.