Colunista do "Record" e do "Correio da Manhã", anarco-individualista e adepto do Belenenses e do Real Madrid, Alexandre Pais foi diretor do "24horas", de 2001 a 2003, e do "Record", de 2003 a 2013, tendo iniciado o seu percurso jornalístico no "Mundo Desportivo", em 1964.

Miguel Macedo há 23 anos: da promessa à realidade

IMG_2247a

Miguel Macedo foi, em Março de 1991, um dos 12 entrevistados da edição de lançamento da revista Tomorrow, que como o nome indica procurava identificar e promover os profissionais do futuro em Portugal. Tinha 31 anos, era secretário de Estado da Juventude do governo de Cavaco Silva e recebeu Nuno Rogeiro – hoje colunista da SÁBADO, como o Mundo é pequeno… – para uma conversa em que os temas se limitaram aos desafios que, há mais de 23 anos, se colocavam aos jovens.

“Portugal é o país com a segunda taxa de desemprego mais baixa da Europa Comunitária”, salientava Miguel Macedo, que a seguir chamava a atenção para a composição do Executivo a que pertencia e que seria, “desde sempre, um dos mais jovens governos do País”. E o secretário de Estado não fugiu, mesmo, ao desafio de Rogeiro para indicar os “dez jovens que dominarão as atenções amanhã”: Rui Veloso, Pedro Burmester, Vítor Baía, Sofia Prazeres, Pedro Matos Chaves, Pedro Croft, Julião Sarmento, Carlos Coelho, o escultor Jorge Branco, o escritor Alberto Oliveira Pinto e, ainda, com “imodéstia”, a sua própria filha, Ana Catarina, então com 10 meses.

Não se pode dizer que tenha acertado na mouche, mas é bom ver como um jovem carregado de ilusões se transformou num político adulto, que tem servido o País com dignidade e inteligência, Chapeau!

Parece que foi ontem, Sábado, 20NOV14

IMG_2242a