Colunista do "Record" e do "Correio da Manhã", anarco-individualista e adepto do Belenenses e do Real Madrid, Alexandre Pais foi diretor do "24horas", de 2001 a 2003, e do "Record", de 2003 a 2013, tendo iniciado o seu percurso jornalístico no "Mundo Desportivo", em 1964.

Hoje não foi outra vez segunda-feira

Que domingo irritante! Roger Federer foi afastado do Open da Austrália depois de ter desaproveitado – notem bem – 12 oportunidades de quebrar o serviço do adversário. Ronnie O’Sullivan perdeu o Masters de snooker por ter deixado Trump – o bom, atenção – chegar aos 7-1, vantagem irrecuperável. E eu tive um probleminha de saúde que me impediu – coisa rara nos últimos 16 anos – de honrar o meu compromisso com o Record e com os leitores. Moral da história: celebridades globais ou escribas da rua deles, não há quem resista ao envelhecimento celular. E as máquinas começam a colapsar, é a vida.