Hoje é Sábado: São 25 mas tenho mais (manias)

Nota prévia
Esta crónica semanal respeita, sempre que possível, o tema de Sociedade escolhido pela Sábado. O da semana em curso é o das pessoas que vão para as Berlengas na tentativa de se libertarem dos problemas psicológicos que as afetam – e refiro-me a manias e não, obviamente, a doenças, situações que me merecem o maior respeito.

São 25 mas tenho mais

Não há retiro nas Berlengas que me salve, diria mesmo que sou um caso perdido no que respeita a manias. Também é verdade que vivo bem com as minhas pancadas e que estou velho de mais para me sujeitar a terapias que me merecem, ainda por cima, fortes desconfianças. Já não sei, isso sim, que capacidade de resistência terá a família para me continuar a aturar, sendo claro que essa incerteza faz parte da vida, pelo que é wait and see.

Mania 1: não gosto de falar com pessoas que não conheço.

Mania 2: não gosto de pôr os pés em cima de pingos de água na cozinha ou na casa de banho.

Mania 3: não gosto de roupa suja fora do cesto ou da máquina de lavar.

Mania 4: não gosto que caixas dos supermercados me tratem por você.

Mania 5: não gosto de relógios com o mostrador grande.

Mania 6: não gosto de emprestar livros, CDs ou DVDs.

Mania 7: não gosto de me ver sem a cabeça rapada.

Mania 8: não gosto de computadores portáteis de tampas abertas quando estão desligados.

Mania 9: não gosto dos pratos cheios de comida.

Mania 10: não gosto de ouvir palavrões a despropósito.

Mania 11: não gosto de adormecer com uma simples mosca em casa.

Mania 12: não gosto de melgas na mesa do lado no restaurante.

Mania 13: não gosto da louça atirada à balda para dentro da máquina.

Mania 14: não gosto de comprar roupa de marca e sapatos sem atacadores.

Mania 15: não gosto de ser criticado por pessoas a quem não reconheço competência ou cuja opinião não pedi.

Mania 16: não gosto de estar numa sala sem ver um relógio.

Mania 17: não gosto do sabor do café se for tomado em casa.

Mania 18: não gosto de jornalistas que se julgam polícias ou juízes.

Mania 19: não gosto de hotéis de 5 estrelas onde se ouve o ruído de um qualquer motor durante a noite ou se corta a relva às 7h30 da manhã.

Mania 20: não gosto dos raros momentos em que deixo de ser anónimo.

Mania 21: não gosto de ver portas de casas de banho abertas.

Mania 22: não gosto de quem se resigna à pobreza sem combate.

Mania 23: não gosto de bibelôs e de estantes carregadas de tralha.

Mania 24: não gosto de ler jornais que já foram folheados.

Mania 25: não gosto de ir a funerais – e seria fantástico que ninguém se desse ao trabalho de ir ao meu.

Posto isto, diga-me o leitor: ia eu para as Berlengas fazer terapia a quê?

Observador, publicado na edição impressa da Sábado de 5 agosto 2010

Partilhar

Os comentários estão fechados.