Helena Isabel foi jornalista por uns dias

“Se não te enganas de vez em quando é porque não tentas” – Woody Allen, cineasta, Nova Iorque, 1935

HIsabel2 HIsabel6 HIsabel7

Há quase 42 anos, a redacção da extinta revista Alcance convidou a actriz, e então ocasionalmente cantora, Helena Isabel – entrevistada nesta edição – para integrar a equipa de jornalistas que iria fazer a cobertura do Festival Eurovisão da Canção, que se realizaria no início de Abril de 1974. Fiz parte dessa comitiva, com Sena Santos e com o saudoso repórter-fotográfico José Tavares, que surgem na foto do escriba, aqui ao lado, já em Brighton, no sul de Inglaterra.

A Lena ficara em 6.º lugar no Festival da RTP, ganho por Paulo Carvalho – seu futuro marido, é assim a vida – com E Depois do Adeus, e já havia feito sensação, com a beleza que exibe ainda hoje, num concurso de Miss Portugal. No convite da Alcanceexistia, como se pode calcular, um alcance mais longo, mas a esperteza teve a perna curta por vontade da actriz, cuja colaboração se resumiria a dois ou três textos. E como a revista também não resistiu ao 25 de Abril, e às divergências de quem a produzia, a carreira jornalística de Helena Isabel ficou-se por aí. Para sorte dela, do espectáculo e em particular da televisão, meio no qual veio impondo repetidamente o seu talento – à frente dos atributos físicos que alguns julgavam ser, há quatro décadas, tudo o que tinha para dar. Chapeau!

Parece que foi ontem, Sábado, 21JAN16

HIsabel3

Partilhar

Os comentários estão fechados.