Colunista do "Record" e do "Correio da Manhã", anarco-individualista e adepto do Belenenses e do Real Madrid, Alexandre Pais foi diretor do "24horas", de 2001 a 2003, e do "Record", de 2003 a 2013, tendo iniciado o seu percurso jornalístico no "Mundo Desportivo", em 1964.

Estudo de reputação na comunicação social: Record lidera nos desportivos. Ah, pois é!…

Estudo anual Marktest Reputation Index

MARKTEST REVELA REPUTAÇÃO DAS MARCAS DE MEDIA

     – RFM, VISÃO, TSF, EXPRESSO E RTP LIDERAM.

     – JORNAL DE NOTÍCIAS LIDERA NOS DIÁRIOS

     – RECORD VENCE NOS DESPORTIVOS

A Marktest apresenta pelo segundo ano consecutivo as conclusões do estudo “Marktest Reputation Índex – Media” (MRI), que estuda a reputação das marcas de media, analisando factores como a confiança, a imagem ou a satisfação. O estudo tem por objectivo posicionar as marcas num ranking, permitindo a comparação com os seus concorrentes e com outros segmentos. O MRI permite ainda a comparação da reputação da marca face aos utilizadores versus não utilizadores da marca bem como analisar género, idade, classe social e região do perfil dos indivíduos onde a marca tem maior ou menor reputação. Por fim, a marca tem ainda acesso aos níveis de satisfação e recomendação dos seus utilizadores/consumidores face à média do sector em que se inserem. Neste índice, a reputação resulta de uma média de valores obtidos para as variáveis Imagem da marca e Confiança gerada pela marca, normalizados para um Índice (0-100).

O universo do estudo é constituído por indivíduos dos 15 e mais anos, residentes em Portugal Continental. A amostra, proporcional e representativa, é constituída por cerca de 1525 indivíduos. Para o sector dos Media, a Marktest decidiu avaliar 48 marcas distribuídas pelos diferentes meios televisão, imprensa e rádio.

RANKING E PRINCIPAIS CONCLUSÕES

1)    RANKING TOP 10 DA ANÁLISE A 48

RANKING

MARCA

MRI

1

RFM

76,89

2

VISÃO

75,33

3

TSF

74,33

4

EXPRESSO

74,11

5

RTP

73,67

6

RÁDIO COMERCIAL

72,89

7

SIC

71,83

8

ANTENA 1

71,44

9

JORNAL DE NOTÍCIAS

71,06

10

PÚBLICO

70,94

2)     CONCLUSÕES POR SEGMENTO

– GERAL

– O meio “rádio” foi o que obteve uma média de MRI mais elevado. Com um índice médio de 69,27, a rádio posiciona-se na liderança entre os meios de comunicação social. Segue-se a imprensa semanal de informação geral, com um média de 68,36 pontos. As televisões têm uma média de 67,64.

– RÁDIO

– A liderança do ranking geral de media é ocupada pela RFM, com um MRI de 76,89. O seu índice de reputação mais elevado verifica-se junto dos indivíduos com idades compreendidas entre os 35/44 anos.

– Quatro marcas de rádio (RFM, TSF, Comercial e Antena 1) conseguem atingir o top 10 do ranking.

– A rádio de informação com maior índice de reputação é a TSF, que surge em terceiro lugar no ranking geral, com 74,33. O seu índice de reputação mais elevado verifica-se junto dos indivíduos do sexo masculino, indivíduos com idades compreendidas entre os 35/44 anos, da região do Grande Porto e classe A/B.  

– IMPRENSA SEMANAL DE INFORMAÇÃO GERAL

– A liderança na imprensa é ocupada pela “Visão”, revista que ocupa o segundo lugar do ranking geral com 75,33. Lidera na confiança, imagem, satisfação e recomendação. Segundo a Marktest, “os valores obtidos pela Visão na satisfação e recomendação são bastante elevados, superando a média dos restantes suportes avaliados nesta categoria”.

– O “Expresso” vence entre os jornais, com um MRI de 74,11, alcançando o quarto lugar no ranking geral. Com uma reputação mais elevada junto dos indivíduos pertencentes à classe A/B, a reputação do jornal Expresso é transversal à maioria das variáveis sócio-demográficas, escreve a Marktest.

– TELEVISÃO

– Entre as televisões, a RTP é o canal com maior índice de reputação (73,67) e surge em 5.º lugar no ranking geral. É o canal que transmite maior confiança e que tem melhor imagem. Segundo o estudo, “a aposta em conteúdos transversais ao sexo e idade faz com que a reputação da RTP não difira muito entre géneros e escalões etários”.

– A SIC, o segundo canal no ranking, é o canal que reúne maior score de satisfação.

– JORNAIS DIÁRIOS

– O “Jornal de Notícias” lidera entre os jornais diários, com índice de 71,06, ocupando a 9.ª posição no ranking geral. O “JN” vence nos na confiança, imagem, satisfação e recomendação. A reputação do “Jornal de Notícias” é superior na região do Grande Porto.

– Além do “JN” consta também no top 10 o “Público”, com um MRI de 70,94. O seu índice de reputação é mais elevado junto dos indivíduos com idades compreendidas entre 15/24 anos e 45/54 anos e da classe A/B.

– REVISTAS MENSAIS

– A “Exame” é a revista mensal com o MRI mais elevado – 69,56, ocupando o 12.º lugar no ranking. Obtém scores superiores à media do segmento em todas as variáveis sócio-demográficas.

– A “Rotas & Destinos” é a revista de viagens com melhor MRI (62,72).

– JORNAIS DE INFORMAÇÃO ECONÓMICA

– O “Jornal de Negócios” lidera o ranking nesta categoria, com um MRI de 67,11. Ocupa a 17.ª posição no ranking geral.

– O “Diário Económico” obtém 66,78 de índice. Apesar da proximidade dos valores obtidos, o Jornal de Negócios obtém ligeira vantagem nas variáveis confiança e recomendação. Já o Diário Económico obtém uma ligeira vantagem nos indicadores imagem e satisfação.

– JORNAIS DESPORTIVOS

– O “Record” é o jornal desportivo com o maior índice no segmento: 58,33, ocupando a 31.ª posição no ranking geral. Obtém maior índice nos indivíduos entre os 15 e os 24 anos.

– REVISTAS SEMANAIS

– A “Caras” lidera nas revistas semanais, com um MRI de 51,72, ocupando o 43.º lugar no ranking geral. Destaca-se no segmento 35/44 anos.

FONTE: Marktest