Colunista do "Record" e do "Correio da Manhã", anarco-individualista e adepto do Belenenses e do Real Madrid, Alexandre Pais foi diretor do "24horas", de 2001 a 2003, e do "Record", de 2003 a 2013, tendo iniciado o seu percurso jornalístico no "Mundo Desportivo", em 1964.

Em memória de um génio do jornalismo: Armando Nogueira

Pouco depois do desaparecimento do grande jornalista que foi Armando Nogueira, a revista “Veja” publicou uma colagem de textos do comunicador brasileiro, que não resisto a reproduzir, com a devida vénia. Por ela se confirma que se o jornalismo é muito para quem quer, será sempre muito mais para quem pode. E ele podia.