Dois marcos da cultura ao abandono, duas vergonhas para Lisboa

 

Na foto da esquerda (ou em cima, depende do formato do ecrã), vemos o estado lamentável em que se encontra o antigo cinema Paris, junto ao Largo da Estrela, em Lisboa. Ali passei várias tardes em que devia estar nas aulas, no vizinho Liceu Pedro Nunes, a matar o meu precoce vício pelo cinema, nos tempos em que, por 2 escudos e 50 (1,25 cêntimos!), se viam dois filmes.

Pois a velha sala está há muitos (demasiados) anos no nojo que a foto documenta, sem que ninguém se incomode com isso…,

Na outra imagem, vê-se o estado atual do antigo Teatro Vasco Santana, a Entrecampos, também na capital, que começou a ser demolido quando a Feira Popular desapareceu, mas que alma caridosa deixou ficar a meio para que rataria e marginalidade possam “confraternizar” em plena Lisboa. E com o caso da trapalhada dos terrenos ainda em tribunal, teme-se que o desleixo e a imundície continuem a reinar… nos próximos anos.

Duas vergonhas para uma capital europeia – sem que António Costa (julgo eu) possa acabar com elas… É Portugal no seu pior.

Partilhar

Os comentários estão fechados.