Colunista do "Record" e do "Correio da Manhã", anarco-individualista e adepto do Belenenses e do Real Madrid, Alexandre Pais foi diretor do "24horas", de 2001 a 2003, e do "Record", de 2003 a 2013, tendo iniciado o seu percurso jornalístico no "Mundo Desportivo", em 1964.

Dez razões (em 100!) para correr com Marco Silva

Alguns ignorantes verberam o despedimento de Marco Silva, mesmo sem conhecerem todas as razões, e são 100, que assistem à direção do Sporting. Recorro assim a fonte próxima do processo disciplinar instaurado ao treinador para revelar 10 dessas acusações.

1. Não vestiu o fato oficial na final da Taça de Portugal, usando, de forma provocatória, um blusão do clube de modelo exclusivo da gerência.

2. Ganhou a Taça já perto do fim do jogo, causando, com chocante frieza, 85 minutos de enorme sofrimento aos adeptos leoninos.

3. Estabeleceu relações de amizade com jornalistas e outros malfeitores sem ter solicitado autorização à entidade patronal.

4. Quando chegava às instalações onde trabalhava, saudava as pessoas num tom baixo, pouco percetível por quem tinha dificuldades auditivas.

5. Foi visto a acenar na direção de Luís Duque, no Solar dos Presuntos.

6. Acreditou em Inácio quando ele lhe disse que a primeira reunião para que fora convocado pela administração havia sido adiada.

7. Apresentou-se na reunião em que foi despedido com a intenção de ofender Bruno de Carvalho e Inácio, caso eles estivessem presentes.

8. Abandonou as instalações da SAD a sorrir, cumprimentou e até abraçou alguns adeptos, sem evidenciar qualquer arrependimento.

9. Publicou no Facebook uma mensagem em que disse ter sido um prazer representar o Sporting, sabendo estar, com tal atitude, a fomentar graves divisões entre os sportinguistas.

10. Deixou passar para a comunicação social que queria ser indemnizado se fosse despedido.

Não satisfeito com todas as patifarias, ainda pretende receber? Há gente com muita lata!

Canto direto, Record, 8JUN15