Contra Cristina a derrota da TVI é certa

Na tentativa de recuperar audiências mudando tudo – tática aventureira e acéfala que já tantos desgraçou – a TVI parece querer apostar no horário em que todo o investimento, nesta altura, redundará em prejuízo. Refiro-me às manhãs, em que Cristina Ferreira, na SIC, mais que duplica, e duplicará, o número de espectadores da concorrência, faça esta o que fizer.

Não é por poupar Manuel Luís Goucha ao despertador ou por “devolver” Maria Cerqueira Gomes ao Porto e meter no estúdio umas meninas espevitadas que pouco têm a ver com o público-alvo da estação – que o “Você na TV!” fugirá ao destino de ser ultrapassado pelo “Praça”, da RTP – aliás, ficaram já a par na última quarta-feira, com 13,6% de share. Menos difícil seria, por exemplo, a disputa das tardes, período em que a TVI também se pôs a inventar sem melhores resultados.

Fugir ao combate com Cristina e à derrota certa, e investir noutros horários, nas novelas e de novo nos “reality shows” – esperar um rasgo será talvez pedir de mais – é o caminho que resta ao canal de Queluz para entrar numa convalescença que o leve, um dia, a reencontrar as audiências perdidas. Arruinar o bom que lhe resta é atirar o doente do hospital para o cemitério. E daí é que não há regresso.

Antena paranoica, Correio da Manhã, 5out19

 

Partilhar

Os comentários estão fechados.