Continua a incessante busca pelas “irregularidades” nas eleições do Sporting

De: Marc Azevedo [mailto:azevedo.marc.m@gmail.com]
Enviada: terça-feira, 29 de Março de 2011 17:58
Para: Record
Assunto: Sócia do Sporting votou quando não podia

Exmos Senhores,

Hoje, a ANTENA 1 avançou, no seu jornal de desporto das 12:30h, que uma sócia do Sporting Clube de Portugal (doravante, SCP) havia votado nas eleições do passado 26 de Março, não estando estatutariamente possibilitada de o fazer.

Tal relato assume importância basilar nas notícias que todos os órgãos de comunicação vêm reportando ao seu público de que as eleições do SCP, segundo os responsáveis pelo acto eleitoral, estariam livres de irregularidades.

Ora, tal relato da sócia do SCP – Catarina Bita – relatado pela ANTENA1, assume relevo jornalístico, sendo importante para os vossos leitores (o meu caso) saber deste incidente.

Seguro de que o interesse do público e a valia noticiosa desta peça jornalística se revela pertinente, aguardo a publicação da mesma nos vossos canais de comunicação físicos e na internet.

Para facilidade de referência, envio infra o corpo da notícia.

Com os melhores cumprimentos,

Marco Azevedo

Dia das eleições
LUSA
Catarina Bita, sócia do Sporting nº 7504 há 33 anos, passou a sócia correspondente há cerca de dez e voltou a efetiva no final do ano passado. Deslocou-se a Alvalade no dia das eleições para acompanhar o marido, que ia votar. Apresentou o cartão de sócia e indicaram-lhe a mesa 11. Contribuiu com 10 votos. Na semana anterior o clube tinha-a informado de que não tinha direito de voto.

A polémica continua em redor das eleições do passado dia 26 de março. Depois de Bruno de Carvalho ter denunciado irregularidades no decorrer do ato eleitoral, que acabou por dar a vitória a Godinho Lopes, nova denúncia surge agora pela voz de Catarina Bita, sócia do clube de Alvalade nº 7504 há 33 anos.

Há cerca de dez passou a sócia correspondente, sem direito de voto, e recentemente, no final de 2010, voltou a requerer o estatuto de sócia efetiva com o objetivo de adquirir o bilhete de época. Contatou o clube na semana anterior às eleições para saber se podia ou não votar. Foi informada, por telefone e por correio eletrónico, que por não cumprir o critério de ter de ser sócia efetiva há 12 meses ou mais, não podia votar.

“Fui acompanhar o meu marido, que foi votar, apresentei o meu cartão de sócia, apenas para o acompanhar à sala, passei no primeiro controlo do cartão, mandaram-me entrar, no segundo controlo mostrei o cartão, pediram para que me dirigisse à mesa 11 para votar, e tive direito a dez votos”, conta Catarina Bita.

Depois de ouvir Lino de Castro a afirmar em conferência de imprensa que não tinha havido qualquer irregularidade, decidiu denunciar o seu caso, e pede agora esclarecimentos sobre quantas mais pessoas votaram na mesma situação.

Catarina afirma que seria “digno” do atual presidente, Godinho Lopes, “renunciar ao cargo e requerer segundas eleições” porque, adverte, “as coisas têm de ficar claras (…). O Sporting é um grande clube e tem de subir novamente, mas não é com aldrabices, não é com mentiras, nem com eleições forjadas que se vai lá; muito pelo contrário”, conclui.

Cópia do e-mail enviado pelo Sporting à sócia Catarina Bita:

“Prezada Consócia Catarina Bita,
Desde já agradecemos o seu contacto. No seguimento das sua solicitação, vimos por este meio informar que as eleições para os Órgãos Sociais do Sporting Clube de Portugal decorrem no próximo dia 26 de Março, tendo início às 10.00 horas e término às 20.00 horas do referido dia, no Hall VIP do Estádio José Alvalade em Lisboa.
Adicionamos que podem votar, de forma presencial, todos os sócios efectivos que tenham à data da eleição, tenham sido admitidos na categoria há pelo menos doze meses (artº. 20º, nº 2, dos Estatutos). Ou seja, os sócios daquela categoria com número igual ou inferior a 83034-0 e que tenham pago todas as quotas devidas, incluindo a quota relativa ao mês de Fevereiro de 2011. Desta forma, e tendo em conta que a associada Catarina Fonseca Vilar Bita, sócia n.º 7504, apenas é associada efectiva do clube desde Outubro de 2010 não se encontra abrangida pelo direito de voto. Para mais informações, por favor consulte o nosso site oficial em:
http://www.sporting.pt/Clube/eleicoes2011.asp
(Caminho no site: Clube/Eleições)
 
Adicionamos que procedemos à actualização dos seus dados pessoais na sua ficha de associada.
 
Agradecemos a sua preferência.
Continue a visitar-nos em www.sporting.pt
 
Sem outro assunto de momento, apresentamos os nossos melhores cumprimentos e Saudações Leoninas”

A denuncia surge no dia em que Lino de Castro renuncia ao cargo no Conselho de Administração da SAD, sendo substituído por Luís Duque.

In http://tv1.rtp.pt/noticias/index.php?t=S…p;article=428514&tm=27&layout=55

Partilhar

Os comentários estão fechados.