Começou a 2.ª jornada no Mundial: vem aí a emoção

Terminada a primeira ronda de 16 jogos, com 6 empates, confirmou-se a escassa vocação ofensiva das seleções, com a Alemanha a ser a exceção à regra. Das 32 que evoluíram na África do Sul, 13 ficaram em branco, 40,6%, e 15 apontaram só 1 golo, 46,9%. Ou seja, 28 equipas nacionais,  87,5% do total, fizeram tudo para, ao menos, não perder. Essa tendência não se irá manter, pois as seleções que ainda não ganharam vão precisar dos 3 pontos e para isso terão de arriscar. Quer dizer que vêm aí mais golos, mais jogadores a bisar – Diego Forlán e o Uruguai abriram a jornada 2 a dar o exemplo –, mais emoção e mais protagonistas. E a derrota da “fabulosa” Espanha confirma que os empates de Itália, França, Inglaterra e… Portugal não são o fim da linha. São, antes, o desafio e a oportunidade: o espectáculo vai então começar.

Passe global, publicado na edição impressa de Record de 17 junho 2010

Partilhar

Os comentários estão fechados.