Canto direto: Porto, o clube e a cidade

Gosto muito do Porto, apesar de ao longo da vida ter visitado pouco a cidade e de só lhe conhecer a magia porque o Germano Silva fez um dia o favor de me mostrar uma pequena, histórica e majestosa parte do seu encanto.

Mas se vivo sempre uma nova experiência quando vou à Invicta, é também reduzido o meu acompanhamento do seu clube mais representativo, o FC Porto, que defrontei até uma vez, no campeonato de juniores de voleibol, em 1964, num campo ao ar livre do antigo parque desportivo da Constituição. Por sinal, ganhámos esse jogo e perdemos no dia seguinte, em Espinho…

Foi assim quase uma estreia a minha recente visita ao Estádio do Dragão, que não conhecia sequer, para a entrega a Hulk do Prémio Artur Agostinho Record 2011, como as primeiras nove páginas desta edição amplamente documentam.

Tive a oportunidade de agradecer ao presidente Pinto da Costa e ao diretor-geral da SAD, Antero Henrique, a gentileza da receção no Dragão, mas só no regresso a Lisboa tomei verdadeira consciência da natureza desse gesto. É que no início de 2003, quando cheguei com o António Magalhães à direção de Record, os contactos institucionais com o FC Porto estavam cortados e, para os reatar, só oferecemos, nestes nove anos, o que podemos dar: respeito pelo clube e pelo que conseguiu, e boa fé no relacionamento diário.

O afastamento levou Record a perder leitores portistas e, por isso, a nem sempre poder dar, nas primeiras páginas, o merecido relevo editorial às proezas desportivas que os dragões foram acumulando. E até a nossa opção de contar com o empate do Benfica no Porto, e de colocar os encarnados à frente da Liga de futebol, parecia fazer desta uma altura desaconselhável para entregar um prémio a um jogador dos campeões. Não o entenderam assim os dirigentes do FC Porto, que quiseram mesmo associar-se a um ato de justiça para com um futebolista extraordinário.

Record regista, e agradece publicamente, essa manifestação de superioridade e de grandeza. Não é para todos, é só para quem é capaz.

Canto direto, publicado na edição impressa de Record de 31 dezembro 2011

Partilhar

Os comentários estão fechados.