Bruno Lage está metido numa alhada

Bruno Lage tenta gerir o plantel benfiquista para as diversas frentes, mas a sua insistência em não pôr no onze inicial dos confrontos da Champions os melhores jogadores está a sair-lhe cara.

É que disputar em Lyon uma partida decisiva, com Ferro, Tavares, Florentino e Gedson a titulares, para não falar de Chiquinho e de Vinicius, todos eles com pouca experiência europeia, deixando André Almeida, Pizzi ou Seferovic no banco, é quase um suicídio.

Ou mesmo um suicídio, já que o Benfica precisa agora não só que o Zenith não ganhe em casa ao Lyon, dentro de três semanas, como precisará de levar de vencida os russos na última jornada, na Luz, para… não ficar fora até da Liga Europa.

A não ser que Lage consiga o impossível e vá a Leipzig derrotar os alemães…

Está metido numa alhada, essa é que é essa.

Partilhar

Os comentários estão fechados.