Blitz nasceu no Dafundo há 32 anos mas parece que foi ontem

“Quando é para ser, os ventos contrários perdem as forças” – Tati Bernardi, escritora e jornalista brasileira, S. Paulo, 1979

blitz1

Para aí no verão de 1984, na redação do Off-Side, no Dafundo, fui visitado por dois amigos, o Manuel Falcão, que pertencia à equipa fundadora daquele semanário de desporto, e o João Afonso de Almeida, na altura julgo que na Polygram, e que desde o início da década de 70 me alimentava a secção Novos discos, do Diário de Lisboa. Eles queriam que fizesse a ponte com o João Tito de Morais, que dirigia a editora CEIG, pois tinham um novo projeto: lançar um jornal de música.

A minha participação limitou-se a esse encaminhamento e ao apoio moral – eu já trabalhara com o Manuel Falcão na redação do diário Portugal Hoje – até porque a CEIG que detinha já o AutoSport e o Off-Side, lançara também um jornal no feminino, o Notícias da Mulher.

blitz4

Com poucos meios, o Blitz rapidamente ganhou fama, e uma das suas rubricas, o Pregões e Declarações, um êxito estrondoso, foi mesmo percursora do que são hoje as redes sociais, pois não havia censura à linguagem livre utilizada.

O Blitz foi publicado como jornal até 2006, ano em que passou a revista – sendo agora dirigida por Miguel Cadete e editada pela Impresa. Aqui ficam os parabéns pelo aniversário e um abraço aos fundadores.

Manuel Falcão: do Som 80 do Portugal Hoje ao CCB e à Nova Expressão

Hoje diretor-geral da Nova Expressão, agência de meios, e colunista do Negócios, Manuel Falcão trabalhava na agência Notícias de Portugal quando lançou o Blitz. Passou depois pelo Expresso e pelo Independente, dirigiu o Sete, o canal 2 da RTP e a revista Face, e desempenhou cargos de administração. Foi também presidente do Instituto Português de Cinema e diretor do CCB. Mas na origem do Blitz, para além do gosto pela música e do conhecimento da matéria, esteve ainda, já com o dedo de Falcão e João Afonso, o suplemento de sábado do Portugal Hoje, o Som 80, então muito popular entre os jovens. Recuperá-los para o Blitz foi o segredo.

blitz44

Partilhar

Os comentários estão fechados.