Aqui falamos de tudo ou a infindável guerra Benfica-FC Porto

[collapse]—–Original Message—–
From: pngv74@sapo.pt [mailto:pngv74@sapo.pt]
Sent: terça-feira, 8 de Março de 2011 17:42
To: Record
Subject: Fwd: Notícias – desporto

Porque não falam nisto? 

http://www.youtube.com/watch?v=XSJpJ5eLpWg

Balanço do clássico

José Trindade: “Há uma grande pressão”

O presidente da secção de hóquei em patins, José Trindade, esteve 

presente no programa “Todos por Um” da Benfica TV, onde fez uma 

análise aos casos do FC Porto – Benfica da última jornada. O dirigente 

demonstrou imagens de uma agressão clara de Pedro Gil a Ricardo 

Pereira, que passou impune.

“Sentimos muitas pressões logo quando entrámos no pavilhão, onde nos 

perguntaram se queríamos ficar 45 minutos no autocarro ou 45 minutos 

na cabine, por motivos de segurança. Acabámos por optar ficar na 

cabine durante 45 minutos sem poder sair, devido ao FC Porto estar a  

disputar outro jogo. Acho que foi uma forma simpática de abordar a 

situação e a verdade é que isso causa logo uma pressão inicial”, 

explicou José Trindade.

Os regulamentos de jogo também não foram cumpridos na íntegra: “Os 

nossos atletas também não tiveram direito ao que está previsto, que é 

ter a pista disponível uma hora antes de iniciar o jogo, para 

realizarem o aquecimento. Estas pressões são efectuadas fora da pista, 

mas é obvio que condicionam. Tudo isto demonstra a forma de estar no 

desporto do FC Porto.”

Olhando comparativamente para a forma de receber dos dois emblemas, 

existe uma grande discrepância entre os rivais: “Há uma grande pressão 

sobre as equipas visitantes no que diz respeito à segurança. Na Luz 

temos as questões de segurança operacionalizáveis e não pressionamos 

desta forma as equipas visitantes.”

A equipa técnica “encarnada” registou em imagens uma agressão de Pedro 

Gil a Ricardo Pereira, que passou, estranhamente, impune: “Esta 

agressão do Pedro Gil ao Ricardo Pereira não foi sancionada, um dos 

árbitros está relativamente próximo e parece-me que as imagens falam 

por si, tanto que o Ricardo Pereira não conseguiu regressar à pista, 

numa altura em que a partida estava empatada a um golo.”

Embora tenha saído derrotado e tenha passado para o segundo lugar da 

classificação geral, em igualdade com o FC Porto, o Clube da Luz 

pretende sagrar-se campeão nacional: “O Benfica mantém todas as 

expectativas no Campeonato, até porque o FC Porto tem uma deslocação 

difícil ao Candelária, onde esperamos uma arbitragem ao melhor nível.”

http://www.slbenfica.pt/Informacao/Modalidades/Hoquei/Noticias/noticiashoqueiempatins_hoqjosetrindadedec

[/collapse]

Partilhar

Os comentários estão fechados.