Colunista do "Record" e do "Correio da Manhã", anarco-individualista e adepto do Belenenses e do Real Madrid, Alexandre Pais foi diretor do "24horas", de 2001 a 2003, e do "Record", de 2003 a 2013, tendo iniciado o seu percurso jornalístico no "Mundo Desportivo", em 1964.

Anthímio de Azevedo: partiu um professor e um gentleman

Não era apenas o homem do tempo, mas um homem do seu tempo, um professor e um gentleman. Mas Anthímio de Azevedo, que nos deixou esta semana, foi essencialmente um comunicador, o primeiro meteorologista que nos fez ter vontade de saber se amanhã chove ou há sol.

Tive o privilégio de trabalhar com ele, em 1998, na fase de pré-lançamento do 24 Horas, quando a expectativa pelo projecto levava o accionista a pagar o que fosse preciso para contratar os melhores. Cedo, porém, a realidade se mostrou outra e o mais completo e profissional serviço de meteorologia que alguma vez terá a imprensa portuguesa logo desapareceu das prioridades editoriais do diário da Edipresse.

Apesar disso, Anthímio continuou a visitar-me na redacção e a levar-me revistas com as últimas novidades da ciência. Obrigado, professor, pela honra e pelo prazer – imenso e inesquecível.

Parece que foi ontem, Sábado, 20NOV14