André Vilas-Boas: eis o homem

 


Bettencourt lambeu as feridas
do que lhe correu mal
e voltou a Vilas-Boas,
a sua primeira escolha

Não me perguntem porquê, não saberia explicar, mas a verdade é que ninguém me tira esta ideia da cabeça: se Jesus tivesse falhado no Benfica, o treinador preferido de Rui Costa – que tem uma cabecinha avançada e olha para a frente – “só podia” ser André Vilas-Boas.

Também Pinto da Costa, como escrevi aqui há dias, tinha o actual técnico da Académica debaixo de mira, ainda que o contrato de mais um ano de Jesualdo – e a hipótese de que possíveis vitórias nas duas taças e mais um passo em frente na Champions salvem a época – tolhesse os movimentos do líder portista e o impedisse de tratar destes assuntos como gosta: pôr o preto no branco enquanto os outros andam no paleio.

Colocada assim a questão, José Eduardo Bettencourt dispôs de tempo e de condições para lamber as feridas do que lhe correu mal e voltar à primeira escolha, ou seja, fazer a opção – que desta feita será firme, já que ninguém escorrega duas vezes na mesma laje do salão – por André Vilas-Boas.

Parece injusto para Carlos Carvalhal, em especial agora que o treinador arrancou duas excelentes vitórias em quatro dias? Parece, de facto, mas os altos e baixos do futebol são mesmo assim. Quem treina equilibra-se numa corda bamba e quem decide não pode viver na esperança de que talvez o céu não lhe caia em cima da cabeça. E afinal, se lhe correr bem o resto da época, Carvalhal conseguirá fazer renascer uma carreira que parecia “acabada” em termos de resultados e ganhará fôlego para outros voos, incluindo até, quem sabe um dia, o regresso a Alvalade pela porta da frente.

A aposta de JE Bettencourt em Vilas-Boas é, à partida, virtuosa. Mas serão os resultados, que já “mataram” Carvalhal e já o reabilitaram, que dirão se o líder leonino recuperou o seu foco ou se o perdeu – e neste caso talvez para sempre.

Canto direto, publicado na edição impressa de Record de 6 Março 2010

 Domingo, 7 Março
• 14:40 – joao
O comentario esta excelente, so que Bettencourt continua a escorregar, nao duas vezes, mas TODAS AS VEZES. Sempre apreguou que Bento e que era, retirando poder ao CC, Seria receio que ganhasse onde o irmao e amigo perdeu? Agora que parecia estarem outra vez a recomecar sai com esta? Ha um tempo e lugar para tudo,este nao era o tempo, nem o lugar de deixar fugir o gato do saco. Se perderem hoje, vou me divertir. Votei no OUTRO. Este JEB nao tem cabedal para ser Presidente do Grande Sporting.

 

 

Partilhar

Os comentários estão fechados.