Amanhã é o dia: arranca a CM TV

Portugal vive em estado de
profunda desorientação, as pessoas andam desiludidas e não se vê uma luz ao
fundo do túnel. Caímos num buraco sem percebermos como escapar e, pior ainda,
sem a certeza de algum dia encontrar a saída.

É neste clima de desesperança,
com empresas a fechar e mais 500 desempregados a cada dia, que a Cofina lança a
CM TV, a televisão do “Correio da Manhã”, um projeto que criou dezenas de novos
postos de trabalho e mobilizou os colaboradores do grupo ou, pelo menos, os que
compreenderam a importância da oportunidade que se nos deparou.

Como Record participará na CM
TV, com quase duas horas diárias, de segunda a sexta, pude acompanhar de perto
a preparação dos jovens jornalistas que escolhemos. E fiquei impressionado com
a elevada qualificação dos técnicos que têm dado a justa medida ao nosso
esforço e diariamente nos ensinam o que não sabemos.

Calculo que as grandes
estações e o baronato instalado olhem para a CM TV com descrença e talvez até
com desdém. Ótimo: maior será a nossa motivação. E a surpresa que os espera.

Antena paranóica, publicado na edição impressa do “Correio da Manhã” de 16 março 2013

Partilhar

Os comentários estão fechados.