Adeus, Avenida Conde de Valbom, olá, Segunda Circular

Record deixou ontem as instalações no centro de Lisboa, onde a sua redação funcionava desde março de 2001.  Foram quase 11 anos de trabalho, mais de duas centenas de milhares de páginas editadas, perto de um milhão de fotos publicadas, cerca de quatro mil edições – entre jornais, revistas e guias – produzidas com empenho e ambição.

Pela Av. Conde de Valbom passaram grandes jornalistas, nas colunas deste título escreveram, desde então, figuras do maior relevo da comunicação social, tivemos connosco os maiores nomes do desporto.

Lá deixámos enterrados alguns sonhos, e recordações de momentos duros, de angústia, de dificuldades sem conta. Lá tivemos também alegrias, somámos êxitos, alcançámos ou mantivemos lideranças e distinções. E perdemos camaradas, amigos que deram a Record o melhor das suas vidas. Lembrá-los hoje é talvez a maior homenagem a tudo o que ficou para trás.

César de Oliveira, André Romeiras, António Martins, Rui Cartaxana, Artur Agostinho, José Guilherme e Fernando Dias – presentes! No novo edifício da Segunda Circular, honraremos a sua memória. E perseguiremos um destino e o compromisso de sempre – servi-lo, leitor.

Passe curto, publicado na edição impressa de Record de 14 dezembro 2011

Partilhar

Os comentários estão fechados.