A Liga talvez contacte a PT

Estúpido, sou incapaz de entender como a diferença de três minutos na disputa de duas partidas de futebol pode beneficiar uma das equipas do jogo que termina mais tarde. Será possível, em tão pouco tempo, levar para dentro do campo a informação do resultado que o adversário fez e a obrigação de se obter mais um golo? E conseguir que os jogadores “carreguem num botão” para a bola aparecer no fundo da baliza? Marcar um golo é assim uma questão de querer e pronto, mais uns segundos e já está?

Também ignoro se existe forma de fazer com que dois desafios que começaram à mesma hora terminem em simultâneo, sinal de que as interrupções com lesões e eventuais “casos” foram idênticas. É capaz de ser difícil. Basta um guarda-redes rebolar-se com supostas dores e lá vão os três minutos…

Indo direito ao problema, acho que o FC Porto lutaria sempre até ao fim para vencer no Dragão o Marítimo, ainda que o Sporting houvesse goleado o Penafiel, pois pior do que não passar às meias-finais na Taça da Liga seria viver após a humilhação de um quase inacreditável desaire em casa, que acabaria de vez com a tese oficial de que este FC Porto é tão bom como o dos últimos anos.

Coisa diferente é a displicência a Liga, que começa no facto de não garantir que dois jogos decisivos se iniciem em simultâneo, tanto na primeira parte, como especialmente na segunda, eliminando com isso situações que possam gerar dúvidas. E que, feito o mal, tenha a lata de se vir desculpar, argumentando não ser possível assegurar a coordenação horária, ou seja, tal como o soldado japonês que só 30 anos depois soube do final da guerra, a Liga ainda não admitiu a existência dos telemóveis.

Também desconhecerá, o que não será menos grave, as práticas internacionais, agora sublinhadas de modo exemplar pela UEFA, que suspendeu o treinador do PSG, Laurent Blanc, pela forma reincidente como a sua equipa demora a entrar em campo, atrasando com isso jogos da Champions que devem iniciar-se à mesma hora. No próximo dia 18, Blanc não estará em Leverkusen. E por cá? Por cá, a Liga abre inquéritos e medita. E talvez contacte a PT.

Canto direto, Record, 1FEV14

 

Partilhar

Os comentários estão fechados.