A histórica traição de Eddie Fisher antes da Taylor o trair com Burton

Carrie Fisher

Com o intervalo de um dia, a acabar 2016, morreram duas atrizes lendárias, ainda por cima mãe e filha. A 27 de dezembro, partiu Carrie Fisher, de 60 anos, a Princesa Leia de quatro décadas de Guerra das Estrelas, vitimada por um ataque cardíaco, em pleno voo, quando regressava de Londres à sua casa de Beverly Hills, Los Angeles. No dia seguinte, deixou-nos a mãe, Debbie Reynolds, de 84 anos – inesquecível intérprete, com outra lenda do cinema, Gene Kelly, do clássico Dançando à Chuva (1952) – que sofreu um derrame cerebral enquanto preparava o funeral da filha.

Este drama transportou-nos a outro, que ocorreu em 1959 e unia as agora desaparecidas, quando o marido de Debbie, o cantor Eddie Fisher – que morreria em 2010 – deixou a mulher e os filhos, Todd e Carrie, de 1 e 3 anos, para se casar com a melhor amiga de Debbie, a atriz Elisabeth “Liz” Taylor (1932-2011). Dada a escândalos e devastada pela morte, num acidente de aviação, do terceiro marido, o produtor Mike Todd, grande amigo de Eddie – que deu o seu nome ao filho – Liz encontrou conforto nos braços do cantor, fazendo as delícias dos tablóides.

Eddie Fisher e Debbie Reynolds com os filhos Todd e Carrie

Nem sempre se pagam as que cá se fazem, é certo, mas em 1962, durante a rodagem de Cleópatra, em Itália, La Taylor traiu Eddie com o ator Richard Burton, que viria a ser o quinto dos seus sete maridos. Anos depois, Debbie e Liz reataram a velha amizade e fizeram até uma peça em que ridicularizavam Eddie… Outros tempos, a mesma gente.

Nem a princesa lhe escapou!

Margarida nada devia à beleza, mas tinha 22 anos e era princesa…

Filho de imigrantes judeus russos, Eddie Fisher nasceu em Filadélfia, em 1928, começou por tocar em bandas e serviu no exército dos EUA. Como cantor, obteve grande sucesso no início dos anos 50, com dezenas de canções nos tops. Depois de Debbie e Liz, casou mais três vezes, mas no currículo amoroso tinha nomes como Edith Piaf, Kim Novak, Mia Farrow ou Zsa Zsa Gabor – também desaparecida no final de 2016. E foi a filha, Carrie, quem juntou mais tarde uma novidade à lista: a princesa Margarida de Inglaterra, irmã da rainha, que teve, aos 22 anos, um caso com o pai…

Parece que foi ontem, Sábado, 5JAN17

Partilhar

Os comentários estão fechados.