Colunista do "Record" e do "Correio da Manhã", anarco-individualista e adepto do Belenenses e do Real Madrid, Alexandre Pais foi diretor do "24horas", de 2001 a 2003, e do "Record", de 2003 a 2013, tendo iniciado o seu percurso jornalístico no "Mundo Desportivo", em 1964.

53 mil alunos dos colégios com contrato de associação não vão ter Desporto Escolar

De: Ricardo Sardinha [mailto:ricardosard@gmail.com]
Enviada: quarta-feira, 7 de Setembro de 2011 15:12
Para: Record
Assunto: informação: 53 mil alunos dos colégios com contrato de associação não vão ter Desporto Escolar

Cerca de 53 mil alunos do ensino básico e secundário que frequentam o ensino público nas escolas privadas com contrato de associação não vão  ter este ano lectivo Desporto Escolar, uma vez que o Ministério  têm em atraso as verbas relativas  a este projecto no que se refere às escolas privadas desde janeiro de 2011 e não apresentou até ao momento garantias de que irá pagar os valores devidos, bem como assumir o pagamento desta importante componente na formação dos alunos no corrente ano às escolas em causa.

Esta situação configura em primeiro lugar a castração de uma das áreas essenciais da formação integral de um jovem, em segundo lugar a interrupção do trabalho que muitos alunos e professores vinham desenvolvendo com os grupos equipas no Desporto Escolar contribuindo para o enriquecimento educativo do aluno e contribuindo para o sucesso nacional do programa do desporto escolar, em terceiro lugar esta situação provoca uma desigualdade inaceitável entre os alunos que frequentam a rede pública de educação, em prejuízo dos que frequentam as escolas privadas com contrato de associação.

Neste momento os Pais e alunos que frequentam estas escolas ainda não se aperceberam desta realidade, uma vez que as aulas ainda não começaram. E, só vão ser confrontados com ela quando chegar os primeiros dias de aulas.

De referir que já se encontra aprovado nos vários colégios as horas atribuídas do Desporto Escolar a cada escola, pelo Gabinete Coordenador do Desporto Escolar, por forma a que se mantenha nestas escolas, tendo inclusivé a informação do ministério da Educação de que terá financiamento, à semelhança dos anos transactos. Mas a verdade é que as verbas desde janeiro 2011 não são pagas pelas Direcções Regionais de Educação, e ninguém garante que venham a ser pagas. Em função desta situação os colégios com contrato de associação  não vão poder continuar no projecto nacional do Desporto Escolar, tendo neste momento os referidos projectos suspensos.

Uma desigualdade inaceitável entre alunos que frequentam o ensino público, uma perda irreparável na educação dos alunos, que contrasta com o facto das verbas em causa se tornarem completamtne insignificantes ao orçamento do Ministério da Educação. Incompreensível.

Fontes para verificar a notícia:

– Escolas privadas com contrato de associação (Directores e Professores do Desporto Escolar);

– AEEP – Associação de Escolas do Ensino Particular e Cooperativo;

– Ministério da Educação;

– Direcção Regional da Educação.