Uma grande exibição da Seleção

Só alguém com os olhos raiados de sangue poderia considerar que a concludente vitória da Seleção sobre a congénere croata se teria ficado a dever à menor valia do adversário. O que aconteceu foi que a equipa de todos nós desenvolveu uma ação tão pressionante, em especial na primeira parte, que não deixou aos eslavos outra hipótese do que tentar evitar uma hecatombe – o que teria sucedido se os ferros não substituíssem o guarda-redes Livakovic. Ao juntar a técnica excecional de João Cancelo, Rafael Guerreiro, Bruno Fernandes, Bernardo Silva... Leia o resto →