Cláudio Ramos: a cor é tudo

Nas noites de domingo, está no auge o combate pela liderança das audiências. A SIC garante a primeira posição graças ao sucesso de “Nazaré”, mas perde os outros lugares do pódio porque as duas partes do “Big Brother”, da TVI, batem largamente as quatro “fatias” de “Quem quer namorar com o agricultor?”, que ficam, ainda, atrás dos dois principais blocos noticiosos da estação de Paço de Arcos. Já aqui referi as fraquezas do “Agricultor” – tanto mais evidentes quanto mais se vai prolongando a pobreza das situações “amorosas” que se... Leia o resto →

O líder aguentou-se mas a luta continua

Em 48 palpites, apenas um deu certo: o de Andreia Vale, com o 2-0 da Luz. Mas o trio da frente continua separado por 1 ponto. Já o quarto lugar, a que ascendeu cá o rapaz, é também disputado por três artistas, separados por 4 pontos. Vai haver luta até ao fim! Está assim: PASilva 177, AVale e NEncarnação 178, APais 199, LSantana 200, LJeremias 203, RSantos 211, BPrata 218.

Garay no Benfica? Sim, mas o futebol é um negócio

Um caso gravíssimo – os 33 anos de Ezequiel Garay e os 37 de Pepe! – fez com que Manuel Serrão e Pedro Guerra se zangassem, no “Prolongamento” da TVI24, e dessem um bom incentivo aos delinquentes que apedrejam autocarros. Serrão abusou da incontinência verbal e Guerra comparou o incomparável: o central portista apresenta-se ainda, apesar da idade, numa condição física que lhe permite competir ao nível que a equipa e o treinador lhe exigem, enquanto o argentino recupera, desde fevereiro, de uma lesão no ligamento cruzado do joelho direito,... Leia o resto →

Um preço certo a pagar

A pandemia obrigou a RTP a repetir exaustivamente “O preço certo” e a perder com isso o quarto lugar que o programa tantas vezes alcançava na tabela dos mais vistos – com um número de telespetadores superior a um milhão. “Quem quer namorar com o agricultor?”, da SIC, tomou então a liderança no ante “prime time”, tendo por perto o “Big Brother”, que a TVI habilmente lançou por entre os pingos da quarentena. Na semana passada, Fernando Mendes regressou finalmente com uma nova série do concurso – e com vários... Leia o resto →

O definitivo adeus ao pódio

Pois é, o 1-3 no Tondela-FC Porto (e esteve quase a ser 1-2…) permitiu-me aumentar de 6 para 8 pontos a vantagem em relação ao sexto lugar e reduzir para 2 pontos o atraso (já enorme) que me afastava do pódio. Mas depois o Benfica empatou e NEncarnação acertou em cheio, complicando a coisa. E quanto a Alvalade, foi a vez de acertar Pedro Adão e Silva… e temos novo líder! Não, esta época, o 2-1 não está a dar. E é tarde para mudar a tática… Ficou assim: PASilva... Leia o resto →

É a cabeça de Rúben Amorim que faz o homem

Descobridores de pérolas que somos, tecemos agora loas a Rúben Amorim com a mesma cega certeza que tínhamos no futuro grandioso de Bruno Lage na Luz. Ignorando, vá lá saber-se porquê, que tudo dando aos audazes, nada o futebol lhes garante. Não é preciso ir mais longe, basta ver o caso de José Mourinho, o melhor treinador português pelos títulos que conquistou, e que conseguiu um feito que dificilmente outro técnico lograria: interromper, em Espanha, a hegemonia absoluta do Barcelona, numa altura em que os catalães dispunham daquela que foi,... Leia o resto →

« Entradas mais antigas Posts mais recentes »

 
Back to top