E se em vez de inteligentes formos burros?

Dos países europeus, a Suécia foi dos primeiros a enfrentar com êxito o coronavírus. E fê-lo de tal forma que à medida que resultavam também entre nós as regras aplicadas pelo Governo e pela DGS, o exemplo português recolhia aplausos nos média internacionais, que consideraram Portugal como “a Suécia do sul”. Bons tempos! Hoje, tomara aos suecos ser designados como “o Portugal do norte”… Porque, em defesa da economia, o executivo de Estocolmo – contrariando a prudência das outras nações nórdicas – apostou na “responsabilidade social” para manter as medidas... Leia o resto →