António Costa em passeio na TVI

A entrevista do chefe do Governo à TVI foi marcada pelo amadorismo – ou algum comprometimento, vá lá saber-se – do painel que fez as perguntas, numa onda cor de rosa que, não tendo sido preparada, parecia. Mais preocupada em brilhar inter pares do que em “entalar” o primeiro-ministro, a perguntadora sobre Educação – “professora profissionalizada” (!) – debitou o rol de queixas habituais da classe contra o Executivo. E António Costa embrulhou-a com o discurso do descongelamento de carreiras, apagando-se pelo meio a questão que exigia uma resposta direta:... Leia o resto →

Bruno Lage tem de fazer reset

De repente, tudo mudou. Sérgio Conceição já não tem a cabeça em risco e Bruno Lage vê chegar ao fim o seu estado de graça. Acabaram os tempos felizes que davam até para o treinador do Benfica dizer que “o FC Porto foi a equipa que mais pontos ganhou para Portugal”, nas competições europeias. Trata-se de uma verdade que se pode recordar quando ganhamos e a nossa gente se sente eufórica, mas que se pagam caro no dia em que os insucessos voltam a instalar a dúvida no coração dos... Leia o resto →

Uma líder destacada e com a concorrência já longe…

O portista Nuno Encarnação foi o único membro do painel a prognosticar a vitória do seu clube na Luz. Isso quer dizer que abriu a jornada apenas com 1 ponto de penalização, enquanto a líder, por exemplo, somou mais 6… Tal como o escriba, que não ata nem desata. Mas com os outros dois jogos da jornada, AVale manteve o primeiro lugar, agora com 5 pontos (acertou no resultado de Barcelos), seguida de EDâmaso com 11 e CBCruz com… 16! NEncarnação segue com 18.

O sonho dos falhados

Ver cair quem tem sucesso será sempre um sonho dos falhados. E as férias de Cristina Ferreira abriram, no coração de algumas almas, a esperança de que as audiências dos seus programas baixassem. Mas na ânsia de que os desejos se tornassem realidade, misturaram o “Cristina” das manhãs com o concurso do ante prime time. No primeiro caso, referi-o já aqui, Cláudio Ramos resistiu, com uma quebra que não chegou para que a TVI batesse a SIC. Quanto ao segundo, repetiu-se, mesmo antes das férias da apresentadora, o que acontecera... Leia o resto →

Licensiados e ignurantes (4): lendas e dignatários

Na SIC, promove-se há semanas uma rubrica com os melhores futebolistas de sempre, que a voz-off classifica como “lendas ícones”, assim uma espécie de “formosos bonitos” ou “felizes radiantes”, uma patetice tão básica que até arrepia. Já na RTP1, numa edição do “Joker”, apresentado por Vasco Palmeirim – e com Hugo Neves, que foi um excelente jornalista do Record, como concorrente – ouvimos esta semana, também em voz-off, uma referência a “dignatários”, em vez de dignitários. Num concurso de cultura geral e numa estação de suposto serviço público é particularmente... Leia o resto →

E arranjar “outro” Bas Dost?

Se o futebol se pudesse compreender, não haveria catedráticos desempregados e ex-ajudantes a fazer o caminho. É entre estes últimos que se misturam os apalpadores de terreno, aqueles que são pagos para se testarem à custa do sucesso ou insucesso dos projetos em que se integram. Refiro isto por causa da onda de satisfação bacoca pela partida de Bas Dost, vendido como imprestável e sem um euro de lucro. Claro que se conta também com o salário – absurdo, reconheça-se – que o holandês deixa de receber, na linha das... Leia o resto →

Em último à segunda jornada, um desastre!

Espalhei-me e à segunda jornada estou isolado… em último! Os primeiros são: AVale 1 ponto (!), LJeremias 5, BPrata 6, PASilva 7 pontos. Eu já somo… 19! Lá vou ter de recorrer a táticas defensivas…

De agressores a estrelas de televisão

Nota alta para o brilhante trabalho de Cláudio Ramos, na SIC, “a fazer de Cristina” e a bater a TVI nas audiências, em alguns dias por números tão expressivos como os obtidos pela titular do programa. Mas tenho de me ficar por aí, chocado com aquele vídeo tenebroso em que se veem agentes da PSP a serem violentamente agredidos por dois homens. Chamados a conter uma desordem entre famílias, em Loures, os polícias procuraram defender-se até à chegada de reforços que permitiram, com enorme dificuldade, deter os atacantes. Não passaram... Leia o resto →

« Entradas mais antigas

 
Back to top