André Villas-Boas disse agora ser verdade o que antes classificou de palhaçada…

Em novembro de 2009, André Villas-Boas e o Sporting chegaram a um acordo – garantem-me até que passado a escrito – para que o ex-observador de jogos da equipa técnica de José Mourinho sucedesse a Carlos Carvalhal como treinador do Sporting. A notícia, que fez manchete neste jornal, não agradou a Villas-Boas, então ao serviço da Académica, e caiu mal em Coimbra, pelo que o visado se apressou a desmenti-la, classificando-a de “palhaçada”. Foi o que os adeptos mais fanáticos dos leões quiseram ler e ouvir para de imediato inundarem... Leia o resto →