Parques de merendas, preparai-vos!

Ao levantar a hipótese de reinício do ano letivo a 4 de maio, António Costa abriu a janela da utopia aos que, a cada dia, adiantam novas datas para o recomeço dos campeonatos. Ou para o seu fim, como fez Aleksander Čeferin, líder da UEFA, ao indicar o fecho da época para 3 de agosto. Mas o primeiro-ministro carrega o peso de uma tragédia que acabará com a sua carreira política se dela não sair como o estadista que aguentou o pior momento do país desde a guerra colonial. E... Leia o resto →

Quatro homens no mar

Nada como as tempestades para revelar os marinheiros. E ao enfrentar esta epidemia, aprecie-se ou não a personalidade, António Costa está a ser um timoneiro à altura. Criticada sem freio nas redes sociais, a entrevista que deu a Cristina Ferreira – dirigida ao “target” do programa, que em boa parte só ali recebe aquele tipo de informação – não podia ter sido mais oportuna. Outra mão firme a dobrar o Cabo das Tormentas é a de Rui Rio, um político sério que sabe que chegará o tempo de voltar à... Leia o resto →

A Espanha já está no “planalto”?

A 25 de abril, a Espanha registou um “pico” de 9 630 novos casos de covid-19. No dia seguinte, o registo baixou para 8 271. De então para cá, os números ficaram entre os 6 875 infetados, de dia 29, e os 7 935, de dia 27. Só hoje voltaram a passar os 8 mil, com 8 102 novos contágios, ainda assim abaixo do que se verificou há oito dias, o que parece indicar que o “pico” de 25 de abril não se repetirá e que o país vizinho terá... Leia o resto →

E se a realidade ultrapassar a ficção? (da série “Ainda bem que chumbei a Matemática”)

No passado dia 21, e após a ministra da Saúde ter indicado 14 de abril (por que não 12 ou 16? não percebi) como a data prevista para o pico da pandemia, projetei aqui para cerca de 55 mil o número de casos positivos que então se verificariam, calculando uma taxa de aumento diário de infetados de 20%. As reações foram diversas, desde um amigo pessimista, que me aconselhou a multiplicar os números por 15 (!), até às ratazanas das redes sociais, que bolsaram os insultos sem os quais não... Leia o resto →

Precisamos de presidentes da junta!

A junta da União de Freguesias de Ovar, São João, Arada e São Vicente de Pereira Jusã, no concelho de Ovar, que se encontra desde o dia 18 em estado de calamidade, cancelou, no sábado, os eventos públicos. Não o fez até 9 de abril, 1 de maio ou 10 de junho… fê-lo até final do ano. Quer isto dizer que Bruno Silva, o presidente da junta, é mais inteligente ou tem mais juízo na cabeça do que boa parte dos dirigentes desportivos, que à nora com o desconhecido vão... Leia o resto →

Fechados em casa

Aquela fauna das redes sociais que tenta, com desespero, demonstrar a incapacidade de António Costa no meio da tragédia – agarrando-se às falhas do SNS, inevitáveis numa fase de extrema conturbação – ficou KO com o resultado do inquérito revelado esta semana, no qual três em quatro inquiridos aprovam o trabalho do primeiro-ministro. A validação de Costa muito deve à ação da Direção Geral da Saúde – igualmente com nota bem positiva no escrutínio – e ao poder de comunicação de Graça Freitas, a mulher olhada de soslaio quando substituiu... Leia o resto →

Excitações de Domingo 22mar20 – ano 3, edição 143

Excitações, página da revista Domingo, do Correio da Manhã, de 22 de março de 2020 – edição 143 assinada pelo escriba (início em maio de 2017) Nota – Um erro gráfico fez com que se repetisse, na frase de Siza Vieira, a piadola de Cristina Ferreira. O que estaria certo: volta a abrir os bares até às 6 da manhã que logo vês…

« Entradas mais antigas

 
Back to top