Um grande reportagem: 18 minutos admiráveis na SIC Notícias

Na passada quinta-feira, a SIC
Notícias transmitiu uma reportagem de Henrique Cymerman, que “à boleia” do
rabino argentino Abraham Skorka visitou o Papa, na sua residência opcional do
Vaticano, a Casa de Santa Marta.

Foram 18 minutos admiráveis,
a maior parte dedicada à entrevista do repórter israelita a Skorka e a um notável
debate, realizado há seis meses, entre o rabino e o então cardeal de Buenos
Aires.

A peça vale, acima de tudo, pelo
diálogo informal de Cymerman com Francisco: o Papa despede-se e logo volta
atrás, a fim de convidar o jornalista e a sua equipa para almoçarem com ele.

Tratou-se de mais um gesto superior
de um homem que desprezou o palácio e a ostentação, e se tornou exemplo de simplicidade
e despojamento. Mas foi também um belo momento de televisão, assinado por um
jornalista por vezes tão criticado, que sempre acrescenta qualquer coisa aos
seus trabalhos.

Nota – Termino
hoje uma série de quase três anos desta crónica semanal. Agradeço ao Octávio
Ribeiro a oportunidade e aos leitores do CM a paciência. Até um dia, quem sabe.

Antena paranóica, publicado na edição impressa do “Correio da Manhã” de 29 junho 2013

Partilhar

Os comentários estão fechados.