Não há mais palhaços para alimentar pesadelos…

Longe do que sucedeu com a primeira temporada, que terminou ao 13.º episódio, a segunda série de “Pesadelo na cozinha” fina-se amanhã, com o décimo. Não será pela quebra de audiência que iremos deixar de ver Ljubomir Stanisic em ação, pois o programa tem liderado desde a estreia e aumentou até o seu público quando chegou a concorrência de “Casados à primeira vista”, da SIC. Tendo em conta os apelos de há um mês nos “talk shows” da manhã e da tarde, da TVI, para que os “restauradores” em apuros... Leia o resto →

O achado de “Casamento à primeira vista”

A criatividade venceu a inércia: depois de anos a ver passar os comboios, o “restyling” nos conteúdos de “O preço certo” fê-lo voltar ao pódio dos mais vistos do dia – aconteceu na última quarta-feira, com 891 mil espectadores. Chegou na altura certa a “refundação” de Mendes, Vital e companhia, já que o período anterior aos telejornais das 20 conhecera, na segunda-feira, um novo líder, “Casamento à primeira vista”, da SIC, que bateu não só o concurso da RTP como o moribundo “Apanha se puderes”, da TVI – uma reviravolta... Leia o resto →

TVI paga pela “deserção” de Cristina Ferreira

Quando a TVI lançou “Apanha se puderes” e se augurou o ocaso de “O preço certo”, escrevi que seria questão de tempo o regresso do concurso da RTP à liderança das audiências no período anterior aos telejornais. Mais tarde, reconheci que me teria equivocado, pois a popularidade de Cristina Ferreira seria suficiente para manter a vantagem. Só que a mudança da apresentadora para a SIC e as consequências da “deserção”, na empatia com o seu público, tudo alteraram. E há dias, voltei a estar certo na previsão: o programa de... Leia o resto →

O abraço de Fátima Lopes ao Chico Chicaia

Não sou fã de Fátima Lopes e da sua tendência para a lágrima fácil. Mas não me deixo levar por opiniões definitivas, nem alimento antipatias primárias. Por isso, não encarei agora o “show off” da apresentadora com um sem abrigo – no “A tarde é sua”, da TVI – de pé atrás, do género “lá está ela a trabalhar para a imagem de boazinha”. Ao contrário, protesto há imensos anos – talvez há milhares de crónicas, ai, ai… – pela indiferença de tantas figuras públicas que fecham os olhos ao... Leia o resto →

Pesadelo arrasador: a necessidade é mais forte que a vergonha

A meio de “Pesadelo da Cozinha”, a TVI brinda-nos, em 18 minutos, com 15 de publicidade! A fórmula é simples: um espaço comercial de 1 minuto e 37 segundos seguido por três (!) minutos de programa e mais um bloco superior a 13 minutos de anúncios e promoções. Parece um exagero e se calhar é, mas tudo resulta do êxito do “Pesadelo”, que no domingo continuou, arrasador, na liderança do dia, com 1,27 milhões de espectadores de audiência média e 22,7% de share. Apontei aqui com alguma ingenuidade, no final... Leia o resto →

Os dois obstáculos de Manuela Moura Guedes

Três anos após as últimas aparições regulares em televisão, na RTP, Manuela Moura Guedes voltou na segunda-feira, no Jornal da Noite, da SIC. Olhando as audiências, o regresso correu bem, já que recolheu a preferência de 1,2 milhões de telespectadores e bateu o concorrente direto, Miguel Sousa Tavares, agora na TVI, invertendo a liderança do canal de Queluz, com o Jornal das 8, que superou o da SIC por escassa margem. O resultado da estreia reflete o interesse do público pelo reaparecimento de uma mulher de personalidade forte e sem... Leia o resto →

Que Cristina Ferreira desça à Terra!

Se Cristina Ferreira tivesse construído a carreira com receio de opiniões e se deixasse afetar pela má língua não teria chegado a lado algum. Agradou a quem tinha de agradar, conquistou o seu público e quem não gosta dela ou simplesmente a inveja só aparece hoje a destilar veneno graças ao fenómeno das redes sociais e ao lodo em que certa gente chafurda. A sua contratação pela SIC, para mais pelos valores apontados, fez multiplicar os sinais de frustração e agitou o exército de falhados que se alimenta do despeito... Leia o resto →

Os amigos do chefe Costa

Ao lado das 777 mil visualizações da entrevista “intimista” que lhe fez Cristina Ferreira – há quatro meses, para a TVI – a passagem de António Costa pelo último “5 para a Meia-Noite”, da RTP, foi um fracasso: ontem, os seis vídeos publicados no youtube não alcançavam, juntos, 180 mil visualizações. Se este número reflete a baixa popularidade da estação oficial, a verdade é que o público já não se deixa enganar. Filomena Cautela e Inês Lopes Gonçalves – excelentes na conversa faz de conta com Jorge Jesus – deram... Leia o resto →

Salazar e a razão de Victor Moura-Pinto

A TVI classifica de “crónica política” umas graçolas sobre um conjunto de “apanhados” de personalidades que percorrem o país. No domingo, na rubrica “Seis por meia dúzia”, do “Jornal das 8”, Victor Moura-Pinto reuniu – e legendou com “mhons”… – diálogos de comes e bebes na Feira de Santarém, em que ficámos a saber que Marcelo gosta de línguas de gato Roveredo, Catarina tem rinite alérgica, Costa acha que o porco preto é o melhor ou que Rio entende que devíamos exportar comentadores. O repórter-cronista ligou os dez minutos (!)... Leia o resto →

Elogios de amigos em “Conta-me como és”

O êxito do “Alta definição”, na SIC, cuja fórmula permite a Daniel Oliveira o distanciamento que faz dos entrevistados os efetivos protagonistas, leva a que outros comunicadores se atrevam a tentar a sua sorte no género. Foi o caso de Fátima Lopes, cuja popularidade a TVI aproveitou para lançar “Conta-me como és”. A apresentadora, com o jeito peculiar que a distingue, criou uma espécie de clube de amigos, em que as entrevistas – que ela classifica de “intimistas” – se transformam em sessões de elogios mútuos, a que Fátima soma... Leia o resto →

« Entradas mais antigas

 
Back to top