Sabia que Guterres quis dar um salário ao amigo Marcelo?

Tanto a propósito da candidatura de Marcelo Rebelo de Sousa à Presidência da República, em 2015 – e do desinteresse de António Guterres por essa disputa – como, no ano seguinte, com a do ex-primeiro-ministro a secretário-geral das Nações Unidas, entusiasticamente apoiada por Marcelo, muito festejada foi, nos média portugueses, a velha amizade que une os dois políticos desde o tempo de adolescência. Mas nem tudo a pesca no Google traz à rede, pelo que, passados 20 anos sobre um caso esquecido, aqui venho recordar uma pequena e amiga ternura de Guterres.... Leia o resto →

Há 25 anos, Guterres só queria liderar o PS

“O Mundo é um lugar perigoso para viver, não por causa dos que fazem o mal mas por causa dos que observam e deixam o mal acontecer” – Albert Einstein “Para António Guterres o essencial da vida é a família. É casado com uma psiquiatra e tem dois filhos: o Pedro, de 16 anos, e a Mariana, de 6 (…). Na universidade, ligou-se a movimentos católicos, o que o levou a contactos com os bairros da lata de Lisboa: e o choque aproximou-o do socialismo. Na vida, tem inúmeras paixões,... Leia o resto →

Guterres ainda anda por aí?

Não sei se António Guterres virá ou não a jogo nas presidenciais, mas se vier porque na ONU a vida não lhe correu como queria, arrisca-se a que o eleitorado reaja mal ao facto de não ter sido a primeira escolha. Por outro lado, se o candidato preferido nas sondagens de há um mês fugir ao reencontro com o País, António Costa terá um problema de difícil solução, já que o substituto natural, António Vitorino – muitos Antónios há no PS –, não tem o mesmo carisma do antigo primeiro-ministro,... Leia o resto →

Guterres como um foguete

Em entrevista ao Público, António Costa fez mais do que dizer que não será candidato a Belém – como sugeriu Seguro, a brincar mas sem trunfo na manga para responder politicamente – e lançou de facto António Guterres na corrida às presidenciais. Santana Lopes fez o contrário, em declarações ao Expresso, lançando farpas aos putativos candidatos de direita e deixando no ar a hipótese eterna de ele próprio avançar. Se Guterres estiver disponível, só uma vitória de Costa nas legislativas de Outubro de 2015 poderá constituir – dada a tendência... Leia o resto →

 
Back to top