Totorecord: líder ampliou vantagem para 5 pontos

O líder manteve-se e aumentou o seu avanço em relação ao segundo de 3 para 5 pontos. Seis primeiros: BPrata 54 pontos, APais 59, LSantana 60, RSantos 61, NEncarnação 64, NSantos 65 pontos.

António Costa excitado: ora tomem lá quatro!

Depois de aprovado o OE para 2019, António Costa e Pedro Nuno Santos, já a caminho da saída, ergueram ambos – num gesto combinado – quatro dedos na direção dos repórteres, como que a dizer: tomem lá, vocês que não acreditavam que passasse nem sequer um orçamento! A insólita atitude, de petulância e triunfalismo, mais parecia a daqueles rapazolas, espertinhos e excitados, que marcam golos nos torneios escolares e não perdem a oportunidade de rebaixar o adversário ao mesmo tempo que se exibem para as meninas da bancada. Já a... Leia o resto →

Nasceram laterais à Seleção: depois da fome, a fartura…

Anos atrás, preocupado com a escassez de laterais portugueses de bom nível, o selecionador Carlos Queiroz chegou a pensar nos então defesas do Manchester United, os gémeos Rafael e Fábio Silva, jovens brasileiros que poderiam eventualmente obter a dupla nacionalidade mas que acabariam, no início da presente década, por alinhar pela seleção canarinha. Pois não há fome que não dê em fartura, uma vez que fomos campeões europeus com Cédric e Vieirinha, no Mundial tivemos Ricardo Pereira, avançámos (finalmente!) com João Cancelo, deixámos de fora um “patinho feio”, André Almeida,... Leia o resto →

Chegou o dia, PSP: era tempo!

Desde o jogo com os holandeses no Estádio da Luz, que o vídeo corre Mundo através das redes sociais: sentado, de cachecol ao pescoço e copo de cerveja na mão, um adepto do Ajax é violentamente agredido, à bastonada, por um elemento da polícia de choque. Para um país que depende tanto do turismo, calcula-se o prejuízo dessa ação insensata e desproporcionada. Sou insuspeito para o reparo porque entre a lei e a baderna defendo sem hesitar a autoridade do Estado e os que têm o dever de a impor.... Leia o resto →

Para criticar Jorge Jesus há que voltar à gramática

Se alguém tinha dúvidas quanto à forte personalidade de Jorge Jesus e à sua capacidade para liderar homens – capacidade que se revela, sem enganos, nos momentos mais difíceis da vida – bem pode voltar-se para os estafados pontapés na gramática porque de outro modo não vai lá. Nas novas imagens do assalto à academia do Sporting comecei por não encontrar nada de inesperado ou que verdadeiramente me impressionasse, desde a cumplicidade interna no desvio das câmaras de vídeo à selvajaria das tochas para cima dos automóveis. Mas acabei tocado... Leia o resto →

Não há mais palhaços para alimentar pesadelos…

Longe do que sucedeu com a primeira temporada, que terminou ao 13.º episódio, a segunda série de “Pesadelo na cozinha” fina-se amanhã, com o décimo. Não será pela quebra de audiência que iremos deixar de ver Ljubomir Stanisic em ação, pois o programa tem liderado desde a estreia e aumentou até o seu público quando chegou a concorrência de “Casados à primeira vista”, da SIC. Tendo em conta os apelos de há um mês nos “talk shows” da manhã e da tarde, da TVI, para que os “restauradores” em apuros... Leia o resto →

« Entradas mais antigas Posts mais recentes »

 
Back to top