Os dois grandes trunfos da CMTV

Tornou-se banal assinalar o crescimento da CMTV, que em junho obteve o melhor resultado de sempre: 4% de share médio mensal. A 14 do mês findo, a estação deste jornal alcançara já 5,7% de share diário, mais que SIC Notícias e TVI24 juntas, e no semestre liderámos em… 181 dias.

 

Há anos, passei férias num hotel excelente, em que tudo funcionava bem exceto o buffet. A comida era boa e o pessoal atencioso e diligente, mas no meio da confusão provocada por dezenas de utilizadores em simultâneo a descoordenação saltava à vista. Os hóspedes eram conduzidos aos lugares pelos mesmos funcionários que levantavam os pratos sujos, serviam as bebidas ou limpavam as mesas e o chão para quem vinha a seguir – uns valentes sem chefe, a prestar um péssimo serviço.

 

Hoje, nas redações emagrecidas pelos tempos que vivemos, trabalha-se muito, mas para mim, que o vejo de fora, o êxito da CMTV deve ser atribuído a dois trunfos raros: o dos jornalistas e técnicos que percebem que só esforçando-se mais do que os outros lhes conseguem passar à frente, e o do comando ao minuto que gere o turbilhão das notícias, as opções editoriais e as limitações humanas – e o transforma em preferência e liderança. Só assim é possível.


Antena paranoica, Correio da Manhã, 7JUL18

 

Partilhar

Os comentários estão fechados.