O Gordo afunda-se e a RTP nada faz

Enganei-me. Escrevi aqui a 18 de março que um mês depois as audiências de “Apanha se puderes”, da TVI, não seriam tão boas como no início do programa. A verdade é que o concurso apresentado por Cristina Ferreira supera já em mais de 400 mil (!) espectadores “O preço certo”, e mesmo que Fernando Mendes e companhia consigam recuperar do KO dificilmente voltarão a liderar naquele horário – como vaticinei também, se calhar para me espalhar outra vez. É a vida.

“Apanha se puderes” não é um êxito apenas pela popularidade da apresentadora, mas igualmente pela fórmula, pelo entretenimento construtivo das perguntas que cativa um público mais jovem, a quem o humor básico de “O preço certo” não seduz ou já satura – vejo-o em casa pela opção da minha filha.

Não me surpreendo demasiado com o afundanço do programa de referência da RTP – que arrasta consigo, aliás, o Telejornal. É que a promoção maciça da TVI ao festival de gritaria de Cristina não pode ser acompanhada pelo amadorismo da RTP nessa área. Se nem um “refresh” de imagem o seu concurso merece, se não há ideias novas para os jogos… Só se o Gordo fosse um desses rapazitos do lóbi das graçolas – aí sim, talvez nadassem para tentar voltar à superfície.

Antena paranoica, Correio da Manhã, 29ABR17

Partilhar

Os comentários estão fechados.