Cristiano e Bale: só com artistas se ganha ao Barcelona

Os críticos de Cristiano Ronaldo e que não gostam também de Bale, tiveram ontem dois desgostos em 4 minutos. Aos 80 do clássico de Camp Nou, Cristiano fez, do lado esquerdo do ataque do Real, um centro milimétrico para o lado direito e para a cabeça de Bale, que marcou um golo limpo que o árbitro invalidou.

BCR

Aos 84, inverteram-se os papéis. Bale, executou, do lado direito, um centro “teleguiado” para a cabeça de Cristiano, posicionado sobre o lado esquerdo, que amorteceu a bola e fez depois o remate vitorioso que deu a vitória sobre o Barcelona.

O futebol é isto, goste-se ou não deste ou daquele protagonista: a oportunidade para os grandes jogadores poderem provar que são melhores do que os outros. Com dois futebolistas banais nos lugares do português e do galês, o Real Madrid não ganharia em Camp Nou. O resto é só conversa.

Partilhar

Os comentários estão fechados.