A derrota de “Olhó Baião!”

Em março, a SIC voltou ao topo das audiências e não se poupou na divulgação da proeza. O regozijo da estação de Balsemão é, de facto, tão natural como o da CMTV, que acaba de somar 27 meses consecutivos na liderança do cabo.

A questão está nos exageros. Ainda há pouco, a SIC Notícias vangloriava-se de ser número 1 na informação e nem metade da audiência da CMTV consegue. Agora, é o canal estrela de Paço de Arcos a meter vencedores e vencidos no mesmo saco de êxitos que o levaram a ser de novo primeiro. E entre os vencidos encontra-se “Olhó Baião!”, erradamente apontado como líder aos sábados e domingos.

No último fim de semana de março, por exemplo, o programa de Baião foi atropelado, no sábado, por três episódios – dos de barbas – do “Inspetor Max”. E fraquejou frente ao igualmente vetusto “Querido mudei a casa”, no domingo – antes de ser submergido pelas “eucaristias” da TVI e da RTP1. Com isso, a SIC perdeu para a estação de Queluz esse fim de semana, tal como viria a perder o seguinte.

Verdade se diga que o desgaste do cansativo estilo do apresentador não explica tudo, pois o investimento no conteúdo é reduzido e a imaginação também não abunda. Afinal, a realidade manda, não há milagres.

Antena paranoica, Correio da Manhã, 6mar19

Partilhar

Os comentários estão fechados.