Até sempre, Iker! Já temos saudades tuas

Quem nos diria que o remate enrolado de um tal Ronan, que bateu em Alex Telles e “sobrevoou” Casillas – na sequência de uma improvável perdida de bola de Danilo e de um corte frustrado de Felipe – resultaria no último golo (sofrido) da carreira de um ícone do Real Madrid e do FC Porto? É a vida, essa eterna caixinha de surpresas. É verdade que não existe uma decisão definitiva e que se compreende que médicos do portismo, como Nélson Puga ou Domingos Gomes, admitam a hipótese de Iker... Leia o resto →