Naufrágio matinal na TVI

Adormeço tarde a ver séries e tarde acordo, embora sempre a tempo de acompanhar, por alguns minutos, o grande duelo das manhãs televisivas. “Sou feliz tanto na vitória como no fracasso”, dizia há dias Manuel Luís Goucha – numa frase que carrega a assunção dos momentos difíceis. E incompreensíveis face à previsibilidade dos efeitos do furacão Kristina e aos meses de que a TVI dispôs para se preparar. Na última quarta-feira, mal me liguei à atualidade, assisti a um autêntico “happening” com a marca de Cristina Ferreira. Em estúdio, crianças... Leia o resto →