Raúl Jiménez não servia para o Benfica, porquê?

Se a partida do combativo e popular Mitroglou deixou muitos benfiquistas boquiabertos, maior foi a surpresa pelo empréstimo de Raúl Jiménez, um executante precioso, um avançado móvel e permanentemente ativo, 70 vezes internacional pelo México e cujo rendimento na Luz foi sempre positivo. Mas o Benfica vive um pouco nestes melodramas, seja com os guarda-redes, com os centrais ou com os homens do golo. E nem o fim de ciclo de Jonas, que a lei da vida anuncia, elimina as dúvidas no que respeita aos pontas-de-lança, pois tanto Ferreyra como... Leia o resto →

“Casados à primeira vista”: pessoas em vez de grunhos

Inebriada pelo êxito de “Casados à primeira vista”, a SIC deu sinal de quebra no combate à concorrência, no dia de Natal. Enquanto, na TVI, Fátima Lopes oferecia o corpo às balas, Daniel Oliveira optava por deixar Dona Júlia à lareira e enchia a programação de filmes, alguns com barbas. Mas o que parecia – a um ignorante na matéria como eu – ir tornar-se numa catástrofe para a SIC, resultou num banho de audiências na TVI, um aperitivo para o duelo do início do ano, quando Cristina Ferreira enfrentar,... Leia o resto →

Luís Filipe Vieira e os duendes da madrugada

É raro debruçar-me sobre casos de polícia, o que acontece por três motivos. Primeiro porque há quem trate deles melhor do que eu. Depois porque não me deixo envolver em debates comandados por ódios e paixões – dei o que tinha a dar para essa irracionalidade. Finalmente porque aprecio em particular o resultado final das contendas jurídicas, o que conclui – terminado o confronto de inteligências, talentos e capacidades técnicas entre todos os que esgrimem estratégias e argumentos nas salas dos tribunais – se deve haver malandros condenados ou apenas... Leia o resto →

Começo feliz no Dragão no ataque ao líder

Para começar, acerto total no Dragão, menos 3 pontos cá para o rapaz… Depois, Benfica e Sporting não fizeram ondas, pelo que ficámos assim: BPrata 74 pontos, APais 76, LSantana 82, RSantos 83, NEncarnação 84 pontos.

Moniz e Dinis

Durante quase três anos, a política de recuperação de rendimentos de António Costa fez a vida negra à oposição. Mas as greves sucessivas de 2018 adubaram o terreno antes infértil da alternativa democrática, sem que Rui Rio crescesse nas sondagens ou que elas expressassem os desacertos do Governo. E foi preciso a comunicação social reforçar a sua missão de contrapoder – tarefa em que a CMTV têm estado praticamente só – para que se atacasse com maior intensidade a consequência perversa da propaganda: a dificuldade dos cidadãos em distinguirem a... Leia o resto →

Ministro Costinha falhou o ajuste de contas

Ontem, quando o Nacional fez o segundo golo, recuei ao tempo em que Costinha era diretor-desportivo do Sporting, 2010 se bem me lembro, ano em que surgiu nos jornais uma foto que mostrava o “ministro” protegido por um guarda-chuva empunhado por outro empregado do Sporting – glorioso momento. Desapareceu depressa essa aura de todo-poderoso e os despedimentos seguintes, no Servette e no Paços de Ferreira, bem como os insucessos em Aveiro e em Coimbra, ajudaram a reconstruir a imagem de um técnico que regressou agora a Alvalade com clara vontade... Leia o resto →

Quase tudo na mesma, infelizmente

O líder aumentou a sua vantagem de 6 para 8 pontos. Classificação após a jornada 13: BPrata 61 pontos, APais e RSantos 69, LSantana 71, NEncarnação 74, AVeríssimo 80, NSantos e CRodrigues 81, e JGabriel 82 pontos.

« Entradas mais antigas

 
Back to top