E Ricciardi lançou-lhes a bomba atómica…

A CMTV correspondeu como é habitual ao interesse do público e adiantou-se de novo à concorrência, desta feita para organizar o primeiro grande debate entre candidatos à presidência do Sporting. A ausência de três das sete personalidades permitia às presentes sublinhar pontos de vista e destacar-se do pelotão. Mas foi uma oportunidade perdida, já que só Pedro Madeira Rodrigues enfrentou o desafio com alguma técnica de comunicação televisiva: procurando o contacto visual com as câmaras, gesticulando de forma simétrica, variando o tom de voz e disfarçando a raiva. Infelizmente para... Leia o resto →