Passaram 14 anos: é tempo de partir

Com esta crónica, chegam ao fim 14 anos de escrita semanal na Sábado, sendo quatro de edição de Parece que foi ontem, 200 evocações de pequenos episódios, boa parte deles – como é o caso do último, aqui ao lado (ao lado na revista, no site será no post seguinte) – tendo-me como discreto protagonista. Mantive reserva sobre os derradeiros 15 anos, pus de lado histórias antigas de menor dignidade, evitei recordações tristes e tentei não ser injusto. Optei por citar pessoas pela positiva e por não me entregar a acertos... Leia o resto →