Vão lá chafurdar para outro lado

Nesta história do alegado assalto ao correio do Benfica e das supostas mensagens que têm sido divulgadas, não me meto. Primeiro porque nunca enviei um e-mail a qualquer dirigente, pelo estranho facto de nada ter a tratar, e se respondi a algum foi para agradecer a gentileza de um convite a que, seguramente, não correspondi. Nos 10 anos em que fui diretor deste jornal, já o escrevi, não fiz uma viagem paga por alguém que não fosse eu próprio – sim, também nunca viajei por conta do Record – e... Leia o resto →