Câmara de TV, um objeto cortante

Já com tantas relações político-familiares no Governo, havia necessidade que a nova secretária de Estado da Saúde fosse a mulher de um eurodeputado do PS? Não mandaria a prudência que a seguir à tomada de posse, em Belém, Rosa Zorrinho se moderasse nas manifestações de uma alegria mais própria de quem acabou de ganhar o Euromilhões? Quando se terá em conta que uma câmara de televisão é uma espécie de objeto cortante que pode dilacerar em segundos a imagem de uma pessoa? O que aconteceu com a ex-presidente da Raríssimas... Leia o resto →