E Cristiano já é terceiro…

Com Mbappé no PSG (com 180M€ obrigatórios dentro de um ano), eis a lista das 16 mais caras transferências de sempre no futebol (todas realizadas nos últimos oito anos), com as taxas de inflação anual acumuladas já aplicadas e os valores atualizados a 2017 – os de 2016 mantêm-se e as verbas envolvidas, por vezes diferentes nos órgãos de comunicação social, são as indicadas na Marca. 1. Neymar: 222M€ PSG 2017 2. Mbappé: 180 M€ PSG 2017 3. Pogba: 105M€ Manchester United 2016 3. Dembelé: 105M€ Barcelona 2017 3. Cristiano... Leia o resto →

Os 60 milhões de euros do Benfica não ganham os jogos

Nos últimos anos, reforçou-se a ideia de que aumenta o fosso que separa os três grandes do nosso futebol dos seus concorrentes. E Manuel Machado, após ser despachado com “apenas” três secos no Dragão – e antes de ser despachado com mais três secos, agora em casa e pelo Tondela… – recorreu à teoria para justificar a derrota. Não que não seja um facto a enorme diferença de recursos financeiros entre os gigantes e os pequenotes, mas há que ter em conta que a proporção não é direta entre os... Leia o resto →

Uma semana péssima para a sanidade mental

Nada corresponde a um raciocínio lógico e estamos cada vez mais dependentes dos fazedores de opinião, o que é outro problema: nem todos são recomendáveis. A semana foi péssima para a sanidade mental. Os efeitos colaterais do massacre de Barcelona foram igualmente arrasadores. Percebe-se que, numa pequena cidade, se possam reunir centenas de litros de acetona e de botijas de gás sem dar nas vistas? Percebe-se que a polícia catalã mate – numa área rural e podendo apenas feri-lo – o principal responsável pelo atentado, que haveria todo o interesse... Leia o resto →

Bárbara Guimarães: a verdade de uma investigação jornalística

A capa da antepenúltima edição da SÁBADO fez-me recuar 16 anos, ao agosto de 2001 em que o Tal&Qual, semanário que então dirigia, se preparava para revelar que o anunciado casamento de Bárbara Guimarães com Manuel Maria Carrilho não poderia realizar-se porque a apresentadora da SIC havia contraído matrimónio na República Dominicana, em 1999, com Pedro Miguel Ramos. A notícia chegara-me de fonte segura mas, a poucos dias da cerimónia anunciada com pompa, o advogado dos noivos ameaçou processar-nos, pelo que enviei um repórter a Punta Caña com a missão de trazer a... Leia o resto →

Insígnias da FIFA e da ordinarice

Quando me iniciei no jornalismo, havia três caraterísticas dominantes nas redações: fumava-se muito, abusava-se dos cafés e falava-se mal – eram palavrões para a frente e para trás. Essa linguagem desbragada utilizava-se coloquialmente ou quando os pares se zangavam. Com uma ou outra exceção, os mais velhos não recorriam ao palavrão se tinham de meter a maralha na ordem. Por um motivo simples que se respeitava nesses idos de 60 e 70: não humilhar os mais novos e os mais fracos. Recordo particularmente o sr. Silva, na redação do “Diário... Leia o resto →

Dois meses depois, só um fantasma

Agosto anda maluco por cá. Como se não chegasse a brutalidade dos incêndios, cai um avião na praia e tomba um carvalho na romaria, ou seja, nem precisávamos que nos atingisse o terrorismo para chorarmos mortos e feridos. Portugueses que somos, interessa-nos primeiro conhecer o número de vítimas e, mesmo antes disso, começamos a procurar culpados, ainda que a força da natureza seja incontrolável e o diabo espreite atrás da porta – e contra isso o homem tenha o peso do grão de areia. A televisão complica a vida aos... Leia o resto →

Comandante Zero já usa Rolex

Parecia a emanação de Che Guevara. Farda verde oliva, barba crescida, arma a tiracolo: era essa a imagem de Edén Pastora quando, a 22 de agosto de 1978, à frente de 23 guerrilheiros da sua milícia Frente Sul, tomou o Palácio Nacional de Manágua e fez mil reféns, numa ação que abanou o regime do ditador Anastasio Somoza. Essa proeza e o exílio que se seguiu no Panamá, após o governo da Nicarágua ter libertado 59 presos políticos e pago um resgate de meio milhão de dólares, tornaram o Comandante... Leia o resto →

Cristiano é vítima de si próprio

Não leitor, não é engano, hoje, quarta-feira, é para mim outra vez segunda-feira porque o meu fim de semana se prolongou com uma viagem a Barcelona, onde tive o privilégio de assistir à primeira mão da Supertaça de Espanha e de encontrar, em Camp Nou, um ambiente muito semelhante ao que me costuma receber no Santiago Bernabéu: intenso, vibrante, envolvedor e mesmo comovente. É a paixão pelo futebol e o amor – e a dedicação extrema – a um emblema a unir as pessoas e a emocioná-las: foi uma noite... Leia o resto →

Como se não houvesse amanhã

A última notícia sobre a irresponsabilidade portuguesa diz-nos que as novas reformas da há muito deficitária Caixa Geral de Aposentações, que caíam desde 2014, voltaram a aumentar este ano, com mais de 11.500 pedidos até agosto. Quer isso dizer que o prejuízo da CGA, que põe em causa a sustentabilidade de toda a Segurança Social, irá aumentar no futuro. Continuamos a varrer os problemas para debaixo do tapete, como se viu há pouco com a questão da sardinha. O organismo científico que aconselha a União Europeia sobre as quotas recomendou... Leia o resto →

Anormais de agosto

A imagem da semana que retenho é a de um ex-primeiro-ministro a empurrar uma cadeira de rodas com a mesma determinação e capacidade de enfrentar momentos difíceis com que durante quatro anos conduziu os destinos do país – seja qual for o nosso julgamento individual sobre a dimensão dos seus méritos e deméritos. Uma imagem, aliás, que não foi poupada – nem essa – aos comentários escabrosos dos energúmenos à solta nas redes sociais, que por minutos mudaram o foco do que achavam de facto mais relevante: a foto de... Leia o resto →

« Entradas mais antigas

 
Back to top