O drama de Pepe

Perdido entre o Hannover 96 e o Valencia de Nuno Espírito Santo – e como já têm por lá saudades do treinador português… – João Pereira foi recuperado por Jorge Jesus no Sporting, acabando até por ganhar a titularidade a Schelotto. Mas aos 32 anos, com o regresso à Seleção tapado por Nélson Semedo e Cédric, por Cancelo e Vieirinha, o lateral preferido de Paulo Bento quer fazer ainda um grande último contrato e deixa Alvalade para tratar da vida. São opções.

Em situação mais complicada está Pepe, em fim de compromisso com o Real Madrid. O clube oferece-lhe uma renovação até 2018, o jogador – que completará em fevereiro 34 anos – quer assinar por duas temporadas. Além disso, os madrilenos não pretendem pagar mais do que os 4,5 milhões de euros livres de impostos que Pepe aufere por época, enquanto o internacional português tenta aumentar a parada, seguro com os 10 milhões (ou mais) de euros líquidos anuais com que lhe acenam da China.

Ídolo na capital espanhola, considerado o melhor central estrangeiro de sempre a envergar a camisola do Real, que serve há quase uma década, Pepe hesita em continuar como referência – e constituir uma lenda blanca para a eternidade – ou rechear ainda mais uma conta bancária milionária. E a Seleção? Poderá a aventura no eldorado chinês vir pôr em risco a sua presença no Mundial de 2018? É um drama para Pepe, sem dúvida. Mas quem nos dera a nós termos de resolver um drama desses!

Feliz Ano Novo, leitor.

Canto direto, Record, 2JAN17

Partilhar

Os comentários estão fechados.